Odilon rebate crítica e diz não ter experiência em falcatruas

26

Criticado por não estar aberto ao diálogo e estar “despreparado para a política”, o pré-candidato ao governo do Estado pelo PDT, Odilon de Oliveira, reconhece que não tem experiência na área, ainda mais se for levado em consideração que muitos políticos aproveitam do conhecimento acumulado para outros fins.

“Realmente não reúno experiência na área, principalmente se essa experiência for utilizada para a armação de falcatruas ou a criação de propinodutos por onde escorre o dinheiro público”, disparou Odilon, por meio da assessoria de imprensa, ao Jornal Midiamax nesta segunda-feira (9).

Neste mesmo dia, o presidente regional do Partido dos Trabalhadores, o deputado federal Zeca do PT, reprovou o ex-magistrado por dificultar eventual uma aliança no campo das legendas de esquerda, pois “não tem capacidade de diálogo político nenhum”, como classificou o petista.

Odilon rebate este argumento dizendo que criou uma comissão, formada pelo presidente do PDT, João Leite Schmidt, e o vereador Odilon de Oliveira Jr., para tratar especificamente das alianças para as eleições deste ano e que a única condição imposta é de que não se faça aliança com nenhum partido que tenha entre seus integrantes políticos processados ou condenados por corrupção.

“Essa premissa está sendo seguida à risca”, garante Odilon, que ressalta ter atuado como juiz federal por 40 anos, trabalho que consistiu “em mandar para a cadeia e confiscar o patrimônio de corruptos, sonegadores, traficantes e outros inimigos do povo brasileiro”.