Barbosinha assume a CCJR e pede “compreensão” sobre o papel da comissão

11

Barbosinha assume a CCJR e pede “compreensão” sobre o papel da comissão

Deputado presidirá colegiado responsável por analisar legalidade de projetos apresentados na Assembleia e pediu que colegas atentem para questões técnicas das propostas

Como antecipado por deputados à reportagem, Barbosinha foi eleito por unanimidade para comandar a CCJR. (Fotos: Leonardo Rocha)
Confirmando apostas de deputados estaduais indicadas no dia anterior, o deputado estadual Barbosinha (PSB) foi eleito na manhã desta quarta-feira (28) presidente da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da Assembleia Legislativa. O parlamentar foi indicado de forma unânime pelos membros do colegiado e, já confirmado para o cargo, deu um “puxão de orelha” nos deputados quanto ao trabalho da comissão –tanto quanto a realização de reuniões como na aprovação de pareceres sobre projetos.
Barbosinha foi eleito tendo como vice Renato Câmara (MDB). A escolha do parlamentar do PSB era tida como certa pelo conhecimento do mesmo na área –ele é professor de Direito, tem experiência na análise de textos quanto a sua constitucionalidade e já comandou a CCJR. Contudo, ele fez algumas imposições para assumir o cargo.
Primeiro, o deputado solicitou que as reuniões da comissão aconteçam sempre às quartas-feiras, das 8h às 9h, de forma a não prejudicar o início das sessões plenárias da Assembleia. Ele também pediu “assiduidade e pontualidade” dos demais integrantes da CCJR. “É importante que todos participem das reuniões, mesmo em época eleitoral, e cheguem no horário para não prejudicar a sessão”, disse.
Por conta da disputa eleitoral, que deve mobilizar deputados em busca de novos mandatos em outubro, a reportagem apurou que houve pouca procura dos deputados em participarem ou mesmo comandarem a CCJR –a intenção era se manterem livres para a campanha.
Bronca – Barbosinha também emitiu um recado aos deputados da Casa sobre o papel da CCJR. Ele lembrou que o colegiado –considerado o mais importante da Assembleia– não analisa o mérito dos projetos a ela encaminhados, mas apenas se os textos obedecem a legalidade.

Novo presidente pediu que colegas se atentem à legalidade de projetos, Almi afirma que deputados não podem abrir mão da obrigação de legislar
“Já houve projetos repetidos no passado que foram vetados; que trouxeram despesas para o governo, o que é proibido; e que tiveram vício de iniciativa [deveriam partir dos poderes Executivo ou Judiciário, e não do Legislativo]”, lembrou Barbosinha. O presidente da CCJ destacou que, ao chegaram ao plenário, os pareceres são atacados pelos autores.
“Muitos deputados confundem a decisão da CCJR. Não estamos avaliando o mérito, e sim a legalidade”, disse Barbosinha. Segundo ele, caso a legalidade dos textos fosse melhor discutida na comissão, os dezenas de vetos do governo estadual a projetos da Casa, em discussão no momento, teriam sido barrados logo no início. “É uma forma de preservar a própria Assembleia”.
Insistência – Tal questão foi defendida também por Professor Rinaldo (PSDB). “O projeto é aprovado e vetado por algum vício, trazendo desgaste para a Casa, já que muitas vezes o deputado que votou a favor tem de mudar sua postura. É preciso cuidado”, destacou o membro da CCJR.
Também integrante do colegiado, Cabo Almi (PT) confrontou os colegas. Segundo ele, os parlamentares não podem deixar de legislar por medo de terem projetos vetados. “Entendo a preocupação. Mas se o projeto tem base legal, o deputado tem de arriscar e colocar o projeto dele para debater. Depois, o governador analisa”, disse o petista.
Diante do posicionamento, Barbosinha pediu que os deputados, então, realizem um debate técnico, “e não político”, no plenário.

11 COMENTÁRIOS

  1. 593263 397692BTW, and I hope we do not drag this too long, but care to remind us just what kind of weapons were being used on Kurds by Saddams army? Towards the tune of hundreds of thousands of dead Speak about re-written history 495113

  2. You Have Problems in getting the required scores in Ielts,Toefl, Pte, Esol, Toiec, Oet, Gmat, Gre, Nebosh, SAT, ACT, GED, Usmle, Psat, lsat, Celban, FCE, CAE,CPE, BEC, Fle, Tesol,???
    Need Ielts certificate urgently in Australia, Saudi Arabia, Oman, Lebanon, Qatar, Canada, India, Dubai, Iran, Pakistan, Belarus, Kuwait, Germany, France, Egypt, Russia, Malaysia, UAE, Jordan, Yemen, Iraq, China, Canada, UK, USA, Uncharted Zealand,cours bitcoin en temps réel Anywhere… From British council or IDP recognized without captivating the test?

  3. 117985 129719Hiya! Amazing weblog! I happen to be a daily visitor to your site (somewhat much more like addict ) of this website. Just wanted to say I appreciate your blogs and am looking forward for much more! 7195

  4. 713043 410848Im not sure why but this weblog is loading extremely slow for me. Is anyone else having this concern or is it a difficulty on my end? Ill check back later and see if the difficulty nonetheless exists. 922957

  5. 427932 663240Be the precise weblog if you have wants to learn about this subject. You comprehend considerably its nearly onerous to argue to you (not that I personally would needHaHa). You undoubtedly put a new spin for a subject thats been discussing for some time. Good stuff, merely nice! 537187

  6. 637780 65249hi!,I like your writing so a great deal! share we communicate far a lot more about your post on AOL? I require a specialist on this area to solve my problem. May possibly be thats you! Searching forward to see you. 195280

DEIXE UMA RESPOSTA