Beija-Flor de Nilópolis é a campeã do carnaval de 2018

0

Com um dos carnavais mais críticos que já passaram na Avenida, a Beija-Flor de Nilópolis foi a campeã de 2018. A escola da Baixada Fluminense garantiu o título só no último quesito, Samba-Enredo.

Torcedores acompanham apuração na quadra da Beija-Flor de Nilópolis
Torcedores acompanham apuração na quadra da Beija-Flor de Nilópolis Foto: Cleber Junior / Agência O Globo

Com o enredo “Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu”, a azul e branca apresentou uma proposta diferente de desenvolvimento de enredo, sem o luxo que era característico da escola, mais teatralizado e ferrenho quanto às mazelas do Brasil.

O último carro da Beija-Flor traz as inscrições
O último carro da Beija-Flor traz as inscrições “Mas o samba faz essa dor dentro do peito ir embora” Foto: Márcio Alves

Gabriel David, filho do contraventor Anísio Abraão David, foi o responsável pela concepção do desfile da Azul e Branco. A ideia do enredo, uma crítica social repleta de referências políticas, foi do rapaz, que tem 20 anos.

Gabriel David, filho de Anísio, foi quem teve a ideia do enredo da escola
Gabriel David, filho de Anísio, foi quem teve a ideia do enredo da escola Foto: Rafael Soares

A Paraíso do Tuiui foi a segunda colocada do carnaval e a Acadêmicos do Salgueiro, terceira. Em quarto, ficou a Portela, seguida pela Estação Primeira de Mangueira e Mocidade. As seis primeiras colocadas voltarão ao Sambódromo no próximo sábado, no Desfile das Campeãs.

Neguinho da Beija-Flor comemora título
Neguinho da Beija-Flor comemora título Foto: Domingos Peixoto

Confira o resultado final:

Beija-Flor (campeã): 269,6

Paraíso do Tuiuti: 269,5

Salgueiro: 269,5

Portela: 269,4

Mangueira: 269,3

Mocidade: 269,3

Unidos da Tijuca: 269,1

Imperatriz: 268,8

Vila Isabel: 268,1

União da Ilha: 267,3

São Clemente: 266,9

Grande Rio (rebaixada): 266,8

Império Serrano (rebaixada): 265,6