Cidade-irmã de MS, Pedro Juan comemora independência paraguaia

0

Hoje, dia 14 de maio, é feriado nacional da independência do Paraguai, país vizinho de Mato Grosso do Sul e com grande influência na cultura e costumes do povo sul-mato-grossense, principalmente nas cidades da fronteira, como Ponta Porã, Bela Vista, Coronel Sapucaia, Paranhos e Aral Moreira – separadas do território internacional por uma rua.

Em Pedro Juan Caballero, cidade-irmã de Ponta Porã, 37 escolas infantis, 13 colégios (do 5º ano em diante), seis instituições de ensino convidadas e oito corporações, como Corpo de Bombeiros, Polícia Nacional, Exército e escoteiros participam do desfile na Avenida Carlos Antonio Lopez.

Capital do Departamento (equivalente a estado no Brasil) de Amambay, Pedro Juan Caballero tem 115 mil habitantes e é a mais importante cidade da região norte do Paraguai.

O desfile foi aberto pelo prefeito de Pedro Juan, Jose Carlos Acevedo, governador eleito de Amambay Ronald Acevedo e pelo senador Robert Acevedo. Os três são irmãos e filiados ao Partido Liberal.

Independência

Descoberto pela Espanha em 1524, o Paraguai enfrentou quase 300 anos de colonização e chegou à independência em 1811. Quando os espanhóis chegaram, o território onde existe o Paraguai era dominado por etnias indígenas, muitas delas dizimadas pelos colonizadores.

A independência foi liderada por Fulgencio Yegros, Pedro Juan Caballero e Vicente Ignácio Iturbide, que lideraram uma investida para depor o governador espanhol Bernardo Velasco e proclamaram a independência do país.

Pedro Juan Caballero, que participou ativamente da independência em 1811, era um político nascido em Tobati, cidade situada na região do Departamento de Cordillera.