Com 4,5 mil flagrados dirigindo acima da velocidade, PRF multa 145 por hora

0

Motoristas trafegando a 145 quilômetros por hora, 19 presos e 72 com sinais de embriaguez. Esse foi o resultado da operação Carnaval promovida pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Segundo as informações da assessoria de comunicação, o impressionante número de 4.470 flagrantes de excesso de velocidade de sexta-feira (9) até esta terça-feira (13).

O levantamento mostrou que os motoristas não estão respeitando a velocidade e o flagra de um veículo a 145 Km/H é preocupante, quando há notícias de mortes e acidentes violentos nas estradas. Foram fiscalizados 3.670 quilômetros de rodovias federais no Mato Grosso do Sul.

De acordo com o levantamento parcial, de sexta-feira (09) até 00h de terça-feira (13), aponta um elevado número de motoristas flagrados embriagados. Dos mais de 4.269 motoristas que passaram pelo teste do bafômetro, 72 estavam sob efeito de álcool, destes 19 foram presos. Já o número de ultrapassagens proibidas flagradas foi de 309.

Acidentes e mortes

A PRF registrou ainda quatro acidentes graves, que são aqueles com pelo menos um ferido grave ou morto foram registrados até ontem.  Nenhum acidente com morte foi registrado nas rodovias federais do Mato Grosso do Sul, entretanto pelo menos uma pessoa morreu após ser socorrida.

Até o final da Operação Carnaval, a PRF está intensificando as fiscalizações nos horários e locais considerados mais críticos. E além disso, ações de Educação para o Trânsito estão sendo feitas em todas Unidades Operacionais do Estado. No Cinema Rodoviário motoristas são convidados para uma sessão, onde recebem orientações sobre condutas e principais causas de acidentes. No feriado 3.563 motoristas participaram das ações educativas.

Multa e bafômetros

A PRF explicou que devido ao período do carnaval, um maior número de motoristas devem passar por testes de bafômetro. Vale lembrar que, o motorista flagrado dirigindo sob efeito de álcool está sujeito a multa no valor de R$ 2.934,70, suspensão do direito de dirigir e prisão.

A Operação Carnaval é uma etapa da Operação Integrada Rodovida, iniciada no dia 22 de dezembro e terminará no dia 18 de fevereiro, abrangendo os períodos de maior fluxo nas rodovias federais do país: festas de final de ano, férias e carnaval.

Juntas, cinco causas são responsáveis por 68,2% dos acidentes ocorridos em 2017, conforme relatório divulgado pela PRF no mês de fevereiro. Entre as 5 principais causas presumíveis estão a falta de atenção, velocidade incompatível, sono, ingestão de álcool e desobediência à sinalização.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA