Confira os requisitos para se inscrever no concurso para PM e Bombeiros

2

O Governo do Estado publicou, na edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial, a composição da comissão responsável pela organização do concurso público com 450 vagas na Polícia Militar e 200 para o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul. Além disso, a Secretaria de Administração antecipou as regras para quem pretende se inscrever no certame.

De acordo com o secretário de Administração, Carlos Alberto de Assis, para se inscrever nos concursos tanto da PM como do Corpo de Bombeiro os candidatos civis deverão possuir até a data de encerramento das inscrições a idade mínima de 18 anos completos e, no máximo, de 30 anos completos para os Concursos para ingresso no Curso de Formação de Soldados e de Oficiais Combatentes.

Para ingresso nos quadros de Oficiais de Saúde e de Oficiais especialistas de ambas as corporações, os candidatos deverão possuir a idade máxima de 34 anos. Para os candidatos militares que já pertençam à Polícia Militar ou ao Corpo de Bombeiros Militar, não será exigida idade mínima ou máxima, no entanto, os candidatos deverão possuir na data de encerramento das inscrições, no máximo, 20 anos de efetivo serviço na respectiva Corporação.

Assis antecipou que para o Corpo de Bombeiros serão destinadas, 23 vagas do Curso de Formação de Oficiais do Quadro de Oficiais Combatentes; 153 vagas do Curso de Formação de Soldados do Quadro de Praças; 12 vagas do Quadro de Oficiais de Saúde e 12 vagas do Quadro de Oficiais Especialistas;

Para a Polícia Militar serão 50 vagas do Curso de Formação de Oficiais; 388 vagas do Curso de Formação de Soldados e 12 vagas do Quadro de Oficiais de Saúde.

Com relação a escolaridade, tanto para PM como para Bombeiro será exigida da seguinte forma: Para Soldados: Ensino Médio Completo; Para Oficiais Combatentes: Curso de Graduação de Nível Superior em Direito; Para Oficiais Médicos: Curso de Graduação de Nível Superior, com especialização na área exigida pela Corporação (constará no Edital), com registro no Conselho de Fiscalização Profissional e para Oficiais Especialistas: Curso de Graduação de Nível Superior na área exigida pela Corporação (constará no Edital).

Para as duas instituições os concursos terão as seguintes fases: Fase 1 – Prova Escrita de Conhecimentos, de caráter classificatório e eliminatório; Fase 2 – Exame de Aptidão Mental (Exame Psicotécnico), de caráter eliminatório; Fase 3 – Exame de Saúde, de caráter eliminatório; Fase 4 – Exame de Capacidade Física, de caráter eliminatório; Fase 5 – Investigação Social, que abrangerá, também, a investigação da vida pregressa social, civil e criminal, de caráter eliminatório e Fase 6 – Prova de Títulos, exclusivamente nos concursos para ingresso nos Quadros de Oficiais de Saúde e de Oficiais Especialistas.

Comissões

​Caberá às Comissões Organizadoras, a elaboração dos Editais dos respectivos certames, especificando as normas e procedimentos para a seleção dos candidatos, bem como, o cronograma de execução e, após sua publicação, a condução do concurso até a sua homologação.

A comissão organizadora destinada à seleção de pessoal para o Corpo de Bombeiros será composta da seguinte forma: Paulo Victor dos Santos Oliveira (presidente), Cel. QOBM Sérgio Carlos Barbosa (vice-presidente), Maj. QOBM Carla Rouledo Moretti Leite (membro), Leonia Inês da Cruz Pavão (membro), Cel. QOBM Luiz Antônio de Mello (membro), Maria Lucélia Pereira Lima (membro), e Solanir Faria Brito Correa (membro).

Já a comissão organizadora para as vagas da Polícia Militar será integrada pelos seguintes membros: Paulo Victor dos Santos Oliveira (presidente), Cel. QOPM Edmilson Lopes da Cunha (vice-presidente), Daniele de Araújo Ruiz (membro), Cel. QOPM Renato Tolentino Alves (membro), Isadora Rocha dos Santos (membro), Maria Lucélia Pereira Lima (membro) e Ten. Cel. QOPM Paulo Ribeiro dos Santos (membro).

*Com informações da assessoria da Secretaria de Administração

​*Foto: Edemir Rodrigues