Criança de 5 anos é executada com pai, funcionário de Pavão, no Paraguai

0

Foram executados por pistoleiros nesta quarta-feira (25), em Assunção, no Paraguai, um funcionário do narcotraficante Jarvis Chimenes Pavão, e o filho de cinco anos. Eles saíam de casa quando foram abordados por pistoleiros.

Willian Gimenez Bernal, de 28 anos, e seu filho Gabriel Gimenez Gonçales, de 5 anos, saíam de casa em uma camionete quando pistoleiros que teriam saído de Pedro Juan Caballero abordaram o carro e efetuaram vários disparos.

A criança morreu instantaneamente, após ser atingida pelos tiros na cabeça. O pai tentou fugir a pé, mas foi alcançado e executado. Heber Luiz de Figueiredo Souto, de 28 anos, que estava na residência conseguiu escapar.

De acordo com o site ABC Color, a residência onde estava morando Willian tinha sido alvo da polícia há dois meses por suspeita de esconder integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), além de armamento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA