Criança de 5 anos sobrevive a acidente que matou os pais e feriu médica na BR-060

0

Foram identificados como Mery Angela, de 43 anos, e Henrique Brandão, 40 anos, o casal que morreu após colisão frontal entre entre dois carros na BR-060, em Sidrolândia. As vítimas eram do Espírito Santo, passaram por São Paulo e estavam em Mato Grosso do Sul a passeio. A filha deles, uma garota de 5 anos, foi encaminhada em estado grave para a Santa Casa de Campo Grande.

Foto: Nathália Pelz

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o casal seguia em um Renault Sandero alugado no sentido Campo Grande-Sidrolândia e uma médica trafegava na direção contrária em um Honda Fit. Ambos teriam tentado fazer uma ultrapassagem e bateram de frente.

A parte dianteira dos dois automóveis ficou destruída. Com o impacto, o Sandero foi parar em uma mata às margens da rodovia. Mery e Henrique, que haviam chegado horas antes de São Paulo, não resistiram aos ferimentos e morreram antes da chegada do socorro. A médica foi socorrida com dores no tórax e encaminhada para a Santa Casa da Capital.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou no local, a filha do casal que morreu no acidente estava no assoalho do carro. A menina, que teve fratura em uma das pernas e afundamento de crânio, foi levada para a Santa Casa em uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A mãe da médica que estava no Honda Fit foi até o local e contou que a filha é de Campo Grande e estava trabalhando em Sidrolândia, onde atende em um hospital. Ela seguia para uma clínica da Capital onde também trabalha.

O trânsito ficou lento no local e equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) esteve no local para orientar os motoristas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA