Eles são danados”: mãe defende filhos que violentaram cadela de vizinha

6

Depois de saber que seus três filhos tinham violentado a cadela de uma vizinha da raça Lhasa Apso, na cidade de Fátima do Sul, a 237 quilômetros de Campo Grande, a mãe dos garotos saiu em defesa deles. A ocorrência foi registrada na última segunda-feira (29).

A dona do animal contou que ao chegar em casa encontrou a cadela suja, molhada de vômito e com ferimentos no ânus. No dia seguinte saiu na vizinhança para perguntar se alguma criança sabia do que tinha acontecido.

Ela acabou descobrindo que três irmãos e um primo, que moram na região, teriam pulado seu muro e violentado o animal. Os garotos confessaram a sessão de tortura contra o animal, mostrando o pedaço de madeira que usaram, além de contar que apedrejaram a cadela.

Revoltada, a mulher foi conversar com a mãe dos meninos e ela disse em defesa dos garotos que eles eram “muito danados”. O pai dos meninos teria ficado transtornado com a situação passando a dar murros na parede da casa. De acordo com informações, os meninos costumeiramente pulam os muros dos moradores.