Em cinco dias, PRF aplica 3,6 mil multas por excesso de velocidade

13

Mais de 3 mil condutores foram autuados por excesso de velocidade durante a operação “Dia do Trabalhador”, deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no dia 27 de abril em todas as rodovias federais do país. Nos cinco dias de operação, foram fiscalizados cerca de 6.118 veículos e as autuações por infrações de trânsito somaram 4.665, sendo 3.666 por excesso de velocidade.

De acordo com a PRF, o objetivo da operação é a redução de acidentes graves e a garantia de segurança e fluidez do trânsito. A fiscalização focou em ações para prevenir o excesso de velocidade, embriaguez ao volante e ultrapassagens indevidas. Também foram desenvolvidas ações específicas de Educação para o Trânsito em que foram atingidas 2.136 pessoas com Cinema Rodoviário, Palestras e Abordagens Educativas.

Infrações de Trânsito

Em se tratando de infrações de trânsito, 154 autuações foram por ultrapassagens proibidas e 145 por ultrapassagens em faixa dupla. O não uso de cinto de segurança e cadeirinha para crianças resultou em125 autuações, sendo 105 relacionadas a condutores e passageiros sem o cinto de segurança e outras 20 de crianças sem cadeirinha. Três motoristas foram flagrados percorrendo a rodovia a mais de 170 km/h.

A PRF realizou 2.121 testes de alcoolemia (bafômetro). Deste total, 26 motoristas foram autuados por consumo de álcool e sete acabaram presos por embriaguez.

Acidentes

Neste período, foram registrados nas rodovias federais do Estado 25 acidentes. Em um deles, uma mulher de 46 anos acabou morrendo. Outras 46 pessoas também ficaram feridas em decorrência de batidas, sendo cinco em estado grave.

Em 2017

Comparado ao mesmo período do ano passado, os acidentes tiveram uma redução. Em 2017, foram 28 casos com 37 feridos.  O número de mortes também diminuiu. No ano passado, três pessoas morreram vítimas de acidente de trânsito no feriado prolongado