Filha que matou mãe e padrasto tem mandado de prisão expedido

0

A Justiça expediu o mandado de prisão para a filha de Marilene Ledesma, de 53 anos, que foi assassinada a facadas pela jovem na companhia do namorado. Rita de Cássia Ledesma matou a mãe, Marilene e o padrasto Paulo Mariano Pinto, de 58 anos, na cidade de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande.

Rita teve ajuda do namorado Diego para cometer o crime. De acordo com o delegado que cuida do caso, Sam Ricardo Suzumura, o casal foi morto a facadas, sendo três golpes desferidos em Marilene, e um golpe em Paulo. Os corpos das vítimas foram localizados na última sexta-feira (23) enterrados no quintal da residência.

Ainda de acordo com o delegado, além das facadas desferidas o casal também foi golpeado com pedras. Nesta segunda-feira (27) vizinhos e parentes do casal serão ouvidos pela polícia. Diego seria morador da cidade de São Paulo.

Parentes de Marilene afirmaram que ela não aprovava o relacionamento da filha, e que ele (Diego) teria sido proibido de frequentar a residência da vítima.

O casal estava desaparecido há 15 dias. Quem encontrou os corpos foi um cunhado de Paulo, que viu sinal de concreto recente no local. Dentro do buraco, estavam os corpos de Marilene e Paulo enrolados em um colchão.

Ainda de acordo com a polícia, antes de fugir para a Capital, Rita teria penhorado eletrodomésticos da residência do casal. O dinheiro da penhora, R$ 1,2 mil, pode ter sido usado na fuga de Rita e o namorado.

(Foto: Diário Corumbaense)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA