Nelsinho diz que só espera ‘marcar data do casamento’ com PSDB

0

Diferente do PSD, do prefeito Marquinhos Trad, o PTB, do ex-prefeito Nelsinho Trad, caminha sem ‘rusgas’ e praticamente já aliançado com o PSDB, do governador Reinaldo Azambuja, para disputa das eleições de outubro.

“O noivado já está consolidado. Falta marcar a data do casamento”, disse o presidente regional do PTB, e pré-candidato ao Senado, Nelsinho Trad.

De acordo com o petebista, a conversa entre PTB e PSDB já vem sendo trava há pelo menos dois anos, configurando um ‘estágio avançado’ das tratativas entre os partidos. “A maioria dos diretórios regionais (do PTB) tem ligação com PSDB”, revelou Nelsinho.

Apesar de já ter sido citado pela cúpula do PSDB em MS como potencial candidato ao Senado na chapa a ser encabeçada pelo governador Reinaldo Azambuja, Trad afirma que ainda as conversas buscam o melhor espaço para petebistas e tucanos.

Nacional

Além da proximidade em Mato Grosso do Sul, Nelsinho revela que já recebeu da direção nacional do PTB, presidida pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson, um ‘sinal’ de que a coligação com o PSDB pode, de fato, ser consolidada.

O próprio Jefferson já afirmou publicamente que deve apoiar a candidatura à Presidência da República do ex-governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB).

Atritos

Nesta quarta-feira (27), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) contemporizou as críticas recentes de lideranças do PSD ao presidente estadual de seu partido, deputado Beto Pereira, após o próprio Marquinhos ter relembrado ataques que teria sofrido de tucanos em 2016.

Líder do prefeito na Câmara de Campo Grande e vice-presidente regional do PSD, o vereador Chiquinho Telles disse que a aliança política com PSDB poderia, sim, ser ameaçada em virtude das declarações de Beto.