Jovem acusa padrasto de abusos sexuais por uma década e mais ameaça de morte

0

O caso de violência contra mulher é absurdo e não é normal, mas também não é novidade ou de mês em mês vem atona um, dois ou alguns casos semelhantes, como o denunciado nesta segunda-feira (22), por uma jovem de 21 anos. Ela foi abusada sexualmente por 11 anos, segundo sua acusação contra um então padrasto, em atos que ocorriam na cidade de Aquidauana, a 135 quilômetros de Campo Grande. Neste sábado (20), o Página Brazil noticiou que, uma avó descobriu a netinha em banheiro com padrasto e revelou abusos sexuais, contra a garota de apenas sete anos.

Hoje, a jovem acusa o padrasto, um homem, hoje com 38 anos, de abusos sexuais por mais de uma década, que vinham ou se mantinha, também, com ameaça de morte, feitas pelo autor, desde que ela era criança, com dez anos. Após vários anos sofrendo os abusos ela acabou denunciando o fato hoje, apesar do mesmo até já não ser ou mais “relação familiar”. Hoje o autor está separado da mãe da jovem.

Hoje com 21 anos, a jovem procurou a delegacia de polícia da cidade para denunciar o padrasto, relatando que a partir dos seus 10 anos é que começou a ser abusada sexualmente por ele, entre diversas ações, mas sem o contato dos órgãos genitais dele com ela. “O ato sexual se completou ou se consumou após ter completado 16 anos, quando aconteceu o sexo total”, declarou a garota, se referindo a conjunção carnal no ato de penetração entre homem e mulher.

O acusado ainda teria em sua posse mais de 400 fotos da jovem com ele e que mostraria para toda a sua família. O caso é investigado pela polícia.

Ameaça de morte

O fato de somente ter tido coragem de denunciar agora, mesmo adulta, vem de encontro com a acusação de ameaças de morte, que a garota sofria e menciona que até sofre ainda hoje, mesmo o homem, já não estando em sua casa, como seu padrasto.

Segundo a a jovem, mesmo separado da mãe, o homem ainda a persegue, e faz ameaças para manter relações sexuais com ela. Na delegacia, a vítima contou que o ex-padrasto teria afirmado que ela não ficaria com ninguém, já que não poderia ser dele.