Paraguai quer financiar 100% obra de ponte que liga o país ao Estado

11

Governo do Paraguai irá propor ao Brasil financiar integralmente a construção de uma ponte sobre o Rio Apa, orçada entre US$ 6 milhões (em torno de R$ 21.572.400) e US$ 8 milhões (R$ 28.763.200), que unirá San Lázaro, no departamento de Concepción, com Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, segundo informações do titular paraguaio de Obras Públicas e Comunicações, Ramón Jiménez Gaona.

De acordo com informações da agência internacional EFE, proposta será apresentada ao ministro brasileiro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, no dia 17 de maio, quando ministros se reunirão em Brasília.

Diretor de Planejamento Viário, Félix Zelaya, informou à EFE que o governo do Paraguai quer financiar 100% a ponte, que terá extensão de 200 metros, porque o país tem interesse que a estrutura seja concluída o mais rápido possível para garantir a ligação com o Brasil. “É estratégico”, disse Zelaya.

Ainda segundo Zelaya, a obra é considerada pequena e permite que o Paraguai banque o valor. O Governo do Paraguai já apresentou ao Brasil, através da Chancelaria, minuta de acordo de proposta, na qual oferecia o financiamento da ponte, e aguarda resposta,

A ponte sobre o rio Apa completaria projetos nessa zona do país, já tendo sido inaugurada rota entre Concepción e Vallemí e se trabalha no trecho que unirá Vallemí com San Lázarom, onde se espera realizar a conexão com Mato Grosso do Sul.

Além desta obra, também será discutido no encontro a construção da ponte sobre o Rio Paraguai, entre as cidades de Carmelo Peralta e Porto Murtinho. Esta ponte, que terá extensão de 2,5 quilômetros, tem custo estimado de R$ 300 milhões e é necessária para criação da Rota Bioceânica.

COMPARTILHAR
Artigo anterior10 DE MAIO DIA DA CAVALARIA
Próximo artigoFUTEBOL