Schimidt deve deixar presidência do PDT mas nega saída do partido

0

O presidente do PDT de Mato Grosso do Sul, João Leite Shimidt, afirmou na tarde deste sábado (30) que quer deixar a presidência do partido, no entanto, não pretende sair do diretório nem da campanha em que auxilia o candidato ao governo do Estado, o juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira.

Ao Portal Correio do Estado, ele disse que já foi feito o edital de convocação e quem deve assumir a presidência é o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). “Quem vai assumir é o Dagoberto, que é o vice-presidente, isso tudo já havia sido combinado”, finalizou.