Temporal causa estragos no sul do Estado e deve atingir outras cidades

0

Tempestades, com chuvas fortes e ventos de até 63,4 quilômetros por hora atingiram municípios da região sul de Mato Grosso do Sul no fim da tarde de hoje. Os temporais podem chegar até outras cidades do Estado, incluindo Campo Grande, onde há alerta vigente do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) de perigo potencial para temporais, com ventos intensos e queda de granizo.

Em Ponta Porã, segundo o meteorologista Natalio Abrahão, choveu 11,2 mm, com ventos de 52 km/h no fim da tarde de hoje. Dourados também teve temporal, com chuva de 17,2 mm e ventos de 63,4 km/h, que causaram alguns estragos, como queda de árvores e destelhamento de casas. As temperaturas mínimas nas duas cidades caíram para cerca de 15 graus.

Durante a manhã de hoje, chuva de granizo de forte intensidade caiu em Antônio João e causou prejuízos.

De acordo com o site Dourados News, durante 1h30, nesta tarde, choveu cerca de 22,1 mm, quase a metade prevista para o mês de agosto. Os ventos chegaram a 63,4 km/h e deixou estragos na cidade, como árvores que caíram e casas destelhadas. O acumulado na cidade está em 45,5 mm, resultado das chuvas dos últimos dois dias.

Segundo o Inmet, a partir desta quinta-feira (8), um ciclone vindo da costa do Rio Grande do Sul passa a atuar sobre o estado. Conforme o Inmet, os ventos úmidos, provindos do ciclone, passam a atuar mais sobre o centro-norte de MS, com pancadas de chuva e trovoadas esparsas. Os ventos se intensificam, com eventuais rajadas.

Temperaturas entram em declínio, com mínimas de 10°C. O frio deve ser maior a partir de sexta-feira (10), quando mínimas devem atingir os 4°C e há previsão de geadas durante o amanhecer.