Vereadora, mulher de empresário que denunciou suposta propina, pede renúncia do cargo

3

Lucas Leandro Paes (PSDB) foi empossado como novo vereador pelo município de Bonito após Mirela Barbosa Berger (PSDB) ter sua carta de renúncia lida, nesta terça-feira (6), durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal.

A vereadora Mirela Berger, eleita em 2016 com 484 votos, protocolou o documento no dia 31 de janeiro, no Cartório de 1º Ofício de Campo, alegando motivos particulares para a decisão.

Mirela é casada com José Alberto Miri Berger, empresário quem acusou o governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), em rede nacional, de supostamente cobrar propina em troca de isenções fiscais da empresa.

Na ocasião, a ex-vereadora e o marido foram investigados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e pela Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Defraudações, Falsificações, Falimentares e Fazendários).

Após anunciada a renúncia, Maria Lúcia Gonçalves de Miranda, presidente da Casa de Leis, deu posse ao suplente, que participou da sessão em andamento.