Zeca, Vander e Moka pedem R$ 10 milhões para calcareamento em assentamentos e terras tradicionais

8

Nesta terça-feira (17), durante a reunião da bancada federal para definição das emendas coletivas os deputados federais Zeca do PT, Vander Loubet (PT) e o senador Moka (PMDB) propuseram uma emenda ao orçamento de 2018 no valor de R$ 10 milhões para calcareamento para correção do solo para ser destinado aos assentamentos, comunidades indígenas e quilombolas de Mato Grosso do Sul.

“Destinamos uma emenda de nós três de R$ 10 milhões para um projeto de calcareamento para os assentamentos rurais, terras indígenas e quilombolas melhorar a qualidade da terra para e consequentemente a produção da agricultura familiar”, comentou o deputado Zeca do PT.

As emendas de bancada a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, ainda precisam ser aprovadas pelo Congresso Nacional. As duas emendas de bancada impositivas para o próximo ano foram a contrução da Ponte do Rio Paraguai em Porto Murtinho e a continuação das obras da rodovia Sul Fronteira na região de vizinha ao Paraguai, ambas no valor de R$ 100 milhões.