Zeca cobra retomada de obras na ponte sobre o Rio Paraguai

0

O deputado estadual Zeca do PT sugeriu à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul que seja realizada uma Audiência Pública para debater os motivos que paralisaram as obras na ponte sobre o Rio Paraguai, importante empreendimento da Rota Bioceânica. Os trabalhos na estrutura que ligará Porto Murtinho a Carmelo Peralta foram suspensos após a Receita Federal exigir a apresentação de documentos fiscais.

Coordenador da Frente Parlamentar de Acompanhamento da Implantação da Rota Bioceânica, Zeca encaminhou requerimento à Mesa Diretora da Casa de Leis propondo a convocação da Receita Federal, do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e de órgãos do Governo do Estado para que, em Audiência Pública, esclareçam à sociedade os motivos que fizeram com que os trabalhos na ponte sobre o Rio Paraguai fossem interrompidos. ‘Estamos muito preocupados com a interrupção da construção dessa ponte sobre o Rio Paraguai, pois, sem ela, não existe Rota Bioceânica. É urgente que a Assembleia Legislativa convoque uma Audiência Pública para que sejam dadas explicações à população do Estado sobre a paralisação desses trabalhos’, justificou Zeca do PT.

O parlamentar acrescenta que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, já manifestou interesse de visitar as obras da ponte sobre o Rio Paraguai. ‘É impossível imaginar uma visita do presidente Lula, acompanhado do presidente do Paraguai (Santiago Peña), a um empreendimento desta magnitude com suas obras paralisadas. Por isso insisto que essa Audiência seja realizada para que possamos discutir e entender essa interrupção’, acrescentou Zeca.

O requerimento do deputado Zeca do PT sugere a convocação do delegado da Receita Federal em Mato Grosso do Sul, Zumilson Custódio da Silva, o superintendente do DNIT-MS, Euro Nunes Varanis Júnior, além de representantes do Governo do Estado.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here