terça-feira, julho 5, 2022

Prefeitura de Amambai recebeu 10 maquinários do Governo do Estado para atender agricultura familiar do município

0

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul realizou na sexta-feira, 1° de julho, a entrega de máquinas e veículos, totalizando 192 unidades para todos os municípios.

Os maquinários e veículos entregues somam mais de R$ 40 milhões de investimentos dos governos estadual e federal, em parceria com a bancada federal.

Amambai recebeu no ato um micro trator motocultivador, dois distribuidores sem insumos, uma grade aradora intermediária com 14 discos, uma plantadeira de mandioca, uma calcareadeira 3,5 toneladas, um trator 85 cavalos, uma carreta agrícola de 4 toneladas, uma ensiladeira e uma carreta para motocultivador 600kg.

Estiveram representando a administração de Amambai o secretário municipal de Agricultura e Pecuária Sérgio Ribeiro, o vereador Odil Puques e o servidor J. Roberto.

Segundo Sérgio, a entrega é importante para fomentar a agricultura familiar em suas diversas áreas como a alimentação para o gado da bacia leiteira, olericultura, correção de solo, cultivo de mandioca e renovação de passagens nas pequenas propriedades em assentamentos, aldeias e agrovilas.

“Nossa gratidão ao Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Rural Agrário e Extensão Rural (AGRAER), ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento na pessoa da deputada federal e ex-ministra Tereza Cristina e ao nosso prefeito Dr. Bandeira pela articulação que viabilizou o recebimento desses equipamentos”, afirmou o Secretário.

‘Clima de insegurança’ fez Amambai adiantar recesso escolar nas escolas indígenas

0
indígena
Prefeitura de Amambai (Foto: Divulgação)

O recesso escolar para os indígenas de Amambai começou mais cedo neste ano, por conta dos conflitos territoriais que assolaram a região no fim do mês passado. Por conta disso, a prefeitura do município acatou pedido das comunidades e mudou o calendário.

Conforme o prefeito Edinaldo Bandeira (PSDB), o recesso já começou para as três escolas indígenas e suas extensões. “Foi um pedido da comunidade pelo clima de insegurança”, contou ao Jornal Midiamax. Segundo ele, a tensão se amenizou nos últimos dias.

As  de julho duram duas semanas e retornam na segunda-feira (18). As demais escolas municipais de Amambai seguem o cronograma normal.

Conflitos indígenas

Os confrontos entre índios e a PMMS ( de MS) começaram no dia 19 de junho, na aldeia de Amambai. Eles pediam apoio para providências na área de retomada, por questões de conflitos internos.

A ação do Batalhão de Choque aconteceu após o povo da etnia Guarani e Kaiowá retomar uma parte do território de Guapoy, em Amambai. Os militares foram enviados à região e houve conflito, que resultou na morte do indígena Vitor Fernandes, de 42 anos.

Uma semana depois do confronto, a Justiça Federal convocou representantes da Funai e também indígenas da comunidade para depoimento. A audiência está marcada para as 14h da próxima segunda-feira (4).

Miss que pediu patrocínio é coroada e agradece apoio em MS

0

A influenciadora Francieli Keisy Martins, 35 anos, é a representante do Estado no ‘MISS CURVY DREAMS INTERNACIONAL MATO GROSSO DO SUL’.

A história da jovem foi contada aqui no site.  Martins é campo-grandense, mas mora em Ribas do Rio Pardo.

Ela foi eleita Miss Curvy por internautas de um site de fofocas, na categoria que pode ser traduzida como ”gordinha com curvas”. A beleza dela está distribuída nos 1,65 cm de altura e nos 87 quilos.

Ela fez campanha em busca de patrocínios e conseguiu ser coroada.

“É com muita alegria que venho aqui agradecer primeiramente a Deus, segundo a minha família, meus amigos clientes da loja e a todos que acreditaram em mim, a todos que me ajudaram independente da forma repostando, patrocinando, orando e não me deixando desistir, Janio Vitor, afinal todos sabem que não foi fácil, aliás foi muito difícil mais como me disseram “Se sua luta está grande sua vitória será maior ainda” eu creio e tomei posse da minha vitória e ela veio, e estou aqui com os olhos cheios de lágrimas e coração para explodir de tanta alegria e muita e hoje posso dizer com todas as letras e lágrimas eu sou a atual Miss Curvy Dreams Internacional Mato Grosso do Sul”, escreveu no Facebook.

“Quero agora agradecer em especial a todos meus patrocinadores,sem vocês eu não teria conseguido”, finalizou.

Planalto quer pagar parcela turbinada do Auxílio Brasil em julho

0

O presidente Jair Bolsonaro (PL) quer que ainda no mês de julho as famílias cadastradas no Auxílio Brasil recebam, além dos R$ 400 (parcela mínima), o adicional de R$ 200 que será pago até dezembro, caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) aprovada na semana passada pelos senadores passe também pela Câmara. Para isso ocorrer o Planalto espera que, até o fim desta semana, os deputados aprovem a PEC que prevê R$ 41 bilhões para aumentar o valor pago pelo programa social; pagar voucher de R$ 1 mil reais aos caminhoneiros; aumentar o vale-gás e também subsidiar o transporte para os idosos.

Apesar dos movimentos da oposição que tenta deixar a vida do Planalto mais difícil na Câmara do que foi no Senado, a avaliação no governo é de que a proposta será aprovada com facilidade pelos deputados. O Planalto não quer esperar até 2ª feira (11.jul). Ministros e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), negociam para conseguir votar a matéria em plenário até no máximo 6ª feira (8.jul) — para valer, o texto precisa ainda ser promulgado em sessão conjunta no Congresso, o que poderia ocorrer no mesmo dia. Se isso acontecer, os técnicos do Ministério da Cidadania avaliam que existem condições para rodar a folha já com os novos valores do benefício. O calendário de pagamentos do Auxílio Brasil começa no próximo dia 18 e vai até o fim do mês, conforme a data de aniversário dos beneficiários.

A avaliação no núcleo político do entorno de Bolsonaro é de que, mesmo com o valor extra, os beneficiários do programa receberão menos do que chegaram a ganhar durante o pagamento do Auxílio Emergencial, criado durante a pandemia para atender os informais. Por isso é preciso mais tempo para que os beneficiários reconheçam os efeitos da medida. Bolsonaro busca com a PEC dos Benefícios, ou “Kamikaze” como foi apelidada por alguns parlamentares, conseguir melhorar a popularidade entre os mais pobres.

No Senado, apenas José Serra (PSDB-SP) votou contra o projeto. Juristas sustentam que a PEC é inconstitucional porque a lei eleitoral proíbe a concessão de benefícios em ano de disputa. Além disso, economistas avaliam que a liberação de R$ 41 bilhões fora do teto e sem ter que cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal vai gerar um rombo para quem assumir o Planalto a partir de janeiro de 2023.

FAB usou dois Tucanos para interceptar aeronave em MS que carregava 500 kg de droga

0

aeronave interceptada pela FAB (Força Aérea Brasileira), neste domingo (3), em Mato Grosso do Sul, fez um pouso forçado em território paulista e estava com 500 quilos de  de cocaína.

FAB usou dois Tucanos para interceptar aeronave em MS que carregava 500 kg de droga

A interceptação ocorreu no início da tarde, quando uma aeronave, de pequeno porte, entrou no espaço aéreo brasileiro sem autorização. Em seguida, duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e interceptar o avião.

Interceptacao 1 - FAB usou dois Tucanos para interceptar aeronave em MS que carregava 500 kg de droga
Avião fez pouso forçado em território paulista. Foto: FAB/Divulgação

Na ocasião, a FAB diz que os pilotos de defesa aérea seguiram o “protocolo das medidas de policiamento do espaço aéreo brasileiro”, interrogando o piloto da aeronave, porém, não obtiveram resposta. Em seguida, o veículo foi classificado como suspeito, conforme previsto no Decreto 5.144, de 16 de julho de 2004.

O piloto então recebeu ordens para mudar de rota e fazer o pouso obrigatório em aeródromo específico. Mais uma vez, não obedeceu e houve o “tiro de aviso” por parte dos policiais. Ainda sem retorno, a aeronave foi considera hostil e o próximo procedimento foi o “tiro de detenção”.

Interceptacao 4 - FAB usou dois Tucanos para interceptar aeronave em MS que carregava 500 kg de droga
Carga ilícita foi apreendida pela Polícia Federal. Foto: FAB/Divulgação

Sem qualquer plano de voo, a aeronave teria entrado no espaço aéreo do  pela fronteira do Mato Grosso do Sul. O piloto fez o pouso forçado no Estado de São Paulo, entre as cidades de Jales e Pontalinda.

Após este fato, a PF (Polícia Federal) assumiu as Medidas de Controle de Solo (MCS). Os agentes apuraram que os dois envolvidos fugiram antes da chegada dos policiais e apreenderam a carga ilícita.

Entidades cobram União por aprofundar esvaziamento na Funai

0

As Frentes de Proteção Etnoambiental da Fundação Nacional do Índio (Funai), no Amazonas, responsáveis por medidas de proteção aos índios isolados e de recente contato, têm sido alvo de esvaziamento. Um problema que antecede o governo de Jair Bolsonaro (PL), mas que foi agravado nos últimos quatro anos. Com os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips – em 5 de junho, no Vale do Javari, oeste do Amazonas -, entidades fecham o cerco contra o governo.

 

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF), na semana passada, uma ação contra a União por descumprimento de sua obrigação – chamada de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF). Nela, cobra que o governo apresente um plano de proteção para regularização e proteção das terras com presença de povos indígenas isolados em até 60 dias.

“Atualmente, no Brasil temos 114 registros de povos isolados e de recente contato, localizados na região da Amazônia legal. Como se verá, diante da implementação de uma política indigenista extremamente nociva a estes povos, aliado ao índice crescente do desmatamento e invasões nas terras indígenas, esses povos estão sendo submetidos ao risco concreto e iminente de extermínio”, informa o documento.

Apib
Trecho da ADPF 2906/2022 da APIB | Reprodução

Pesquisa do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) apontou que há um problema sistêmico de defasagem do quadro de funcionários da Funai, especialmente de servidores especializados.

“O processo de esvaziamento do órgão, que vem ocorrendo de forma mais intensa a partir da década de 2000, é ainda inversamente proporcional ao crescimento da população indígena do país na mesma época”, afirma o Inesc no estudo Fundação anti-indígena, um retrato da Funai no governo Bolsonaro.

Para Eliésio Marubo, procurador da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), o governo, como protetor das terras indígenas e dos povos, foi omisso nessa garantia.

“Nós consideramos que é uma omissão do estado brasileiro, uma vez que é papel da Funai realizar ações de fiscalização na terra indígena. Também é responsabilidade dos órgãos que tratam da fiscalização na região, sobretudo do exército e da Polícia Federal, realizar essas atividades”, disse, ao SBT News.

“A responsabilidade de fato é do governo federal, que nos últimos anos tem atuado contra o fortalecimento dessas instituições na região e certamente deve ser responsabilizado nesse sentido”, ressaltou.

mpf
Processo do Ministério Público Federal (MPF), de 2018

O Ministério Público Federal (MPF) também oficiou a União e a Funai, na última semana, cobrando a adoção de medidas para estruturação e modernização das Bases de Proteção Etnoambiental (Bape) localizadas no Vale do Javari. O prazo para manifestação sobre o acatamento da recomendação é de 10 dias. O órgão constatou precariedades na estrutura disponibilizada aos agentes da Força Nacional de Segurança atuantes na região, além do déficit de pessoal da equipe.

Greve dos caminhoneiros

O problema de esvaziamento da Funai na região onde Doim e Bruno foram asssassinados, na tríplice fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia, é anterior ao governo Bolsonaro. Um processo movido pelo Ministério Público Federal (MPF), em outubro de 2018, registra que, naquele ano, para minimizar os prejuízos decorrentes da “greve dos caminhoneiros”, a União cancelou o programa de Proteção e Promoção dos Direitos dos Povos Indígenas. Com isso, foram cortados recursos no valor de R$ 625.310,00 para a Funai.

mpf
Processo do Ministério Público Federal (MPF), de 2018

Segundo o MPF, as frentes contavam com apenas 42 servidores, “número muito aquém do necessário para manter as ações continuamente, que seria, segundo dados da própria Funai, de ao menos 96 servidores, além dos funcionários terceirizados”. Além disso, quase 60% de todo o quadro não havia sido preenchido naquele ano.

“Essa carência se agravou a partir de 2011, com a saída dos funcionários terceirizados, os quais prestavam tarefas de apoio operacional”, registra o MPF. A solução sugerida pela Funai no processo foi a contratação de servidores terceirizados. Porém, registrou a Procuradoria, a ausência de verba impossibilitou tal medida, deixando o problema sem conclusão.

Funai

O presidente da Funai, Marcelo Xavier, e integrantes da diretoria da Funai, se reuniram na 5ª-feira (30.jun) com o procurador-geral da República, Augusto Aras, e outros membros do MPF, em Brasília. O órgão infirmou uma série de dificuldades logísticas e financeiras, que foram elencadas, e pediram ajuda para viabilizar providências.

Uma delas, segundo informou o MPF, a “realização de concursos públicos para o órgão, além de garantir que tem aumentado o valor investido na região bem como ampliado as contratações de seguranças”. Eles admitiram a gravidade da situação e a necessidade de novas providências.

“Acho que a palavra de ordem deve ser sinergia entre todos os órgãos porque a questão é complexa”, afirmou o presidente da Funai.

Na reunião, Aras defendeu “medidas emergenciais para aumentar a segurança dos servidores e colaboradores da Funai que atuam na região do Vale do Javari”. Um dos presentes foi a procuradora da República Nathalia Di Santo, que atua em Tabatinga (AM), cidade próxima de Atalaia do Norte, onde o indigenista e o jornalista foram assassinados.

Funcionário de fazenda é encontrado morto dentro de lago em Ribas

0

Cleidson Oliveira Bezerra, 37 anos, foi encontrado morto na tarde de ontem (3), no lago de uma fazenda, distante 80 quilômetros da cidade de Ribas do Rio Pardo.

Conforme o boletim de ocorrência, colegas de trabalho disseram que a vítima estava desaparecida há mais de 20 dias.

Eles acreditavam que o homem estaria na cidade, ingerindo bebida alcoólica.

Os funcionários da fazenda contaram que Cleidson vinha tendo alucinações, dizendo que via coisas estranhas.

Os amigos suspeitam que ele era usuário de drogas.

Ao avistar o corpo, os colegas acionaram o Corpo de Bombeiros.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil.

Dono de conveniência fica gravemente ferido em acidente na BR-163, em Coxim

0

O dono de uma conveniência da avenida Gaspar Ries Coelho, em Coxim, Bruno Santos, ficou gravemente ferido num acidente ocorrido na noite deste domingo (3), na BR-163, próximo da principal entrada para Coxim.

Segundo informações do site local Edição MS, ele sofreu traumatismo craniano, fraturas nos braços e pernas, escoriações, cortes e queimaduras. Socorrido pelo CCR MSVia e levado para o Hospital Regional Álvaro Fontoura.

Bruno dirigia uma GM Montana e teria invadido a pista contrária, colidindo de frente com um ônibus. Com o impacto, a pick-up chegou a pegar fogo, contido pelo Corpo de Bombeiros.

Uma testemunha, que seguia atrás de Bruno, disse que não sabe o que aconteceu, pois não tinha veículo a frente da pick-up para ser ultrapassado. Ele acredita que o jovem tenha se distraído ou até mesmo passado mal.

O ônibus fazia o itinerário do Pará a São Paulo. O motorista e mais 11 passageiros saíram ilesos.

Empresário que bateu Montana em ônibus morre em Coxim

Ele estava internado no Hospital Regional Álvaro Fontoura

Bruno dos Santos Pereira, 25 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (4), em Coxim – distante 279 quilômetros de Campo Grande.

O empresário dirigia seu GM Montana no sentido norte pela BR-163.

Próximo a rotatória, que dá acesso a Coxim pela Avenida Virginia Ferreira, Bruno bateu em um ônibus de passageiros, que seguia no sentido contrário.

Segundo o Edição MS, Bruno invadiu a pista contrária e causou o acidente. Ele foi resgatado por uma equipe da CCR e encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Regional Álvaro Fontoura.

Ele sofreu fratura exposta no fêmur esquerdo, fratura na perna direita, fratura nos braços, quadril e TCE (Traumatismo Craniano Encefálico).

Foto: PC de Souza

Durante a madrugada, Bruno sofreu duas paradas cardiorrespiratória e morreu.

Barra de direção quebra e carro é esmagado por caminhão na av. Ernesto Geisel

0

Um carro de passeio praticamente foi esmagado por um caminhão após a barra de direção quebrar na manhã desta segunda-feira (4). O acidente ocorreu na avenida Ernesto Geisel embaixo do pontilhão da avenida Salgado Filho, região do Jardim Jockey Club, em Campo Gande.

Segundo informações colhidas no local, o motorista do carro modelo Gol seguia para o trabalho junto ao funcionário, servente de pedreiro quando a barra de direção quebrou, e a roda caiu fora do carro.

O carro ficou parado na pista, e o condutor do caminhão que vinha logo atrás, não teve tempo hábil de frear e acabou batendo na traseira do Gol que rodou na pista contrária.

O gol ficou completamente destruído com o impacto e por sorte não houve feridos.

O motorista do Gol e o passageiros sairam ilesos e chamara guincho para tirar o carro da pista. O motorista do caminhão também não se feriu.

Veja o vídeo:

CONEXÃO VALTER BRITO E ANDRÉ

0

Em visita o pré candidato ao governo do MS-André Puccinelli e caravana- visitaram a camara municipal e foram recebidos pelo presidente Valter Brito, vereadores Tato de Souza, Geferson, Rosa Linda, tambem esteve presente o ex prefeito de Amambai Sergio Barbosa , Jaime Bambil e vereadora Janete. Em conversa com o vereador Valter Brito, Puccinelli perguntou oque poderia trazer para Amambai se eleito for, onde Brito pediu industrias para geração de empregos, anel viario para tirar o transito pesado da avenida Pedro Manvailer, asfaltamento na 289- Amambai- Juti, novos cursos para a UEMS, entre outros.

Pode ser uma imagem de 15 pessoas e pessoas em pé

Acompanharam André Puccinelli,dr JAMAL, Carlos Bernardo, MOKA, Vanderlei Cabeludo, entre outros.

CARLOS SERÁ NOSSA SOLUÇÃO EM BRASILIA

0
Diretor de universidade paraguaia, Carlos Bernardo, quer espaço na Câmara para debater Revalida.
Para propor um processo de revalidação de diploma mais justo, para que todos os médicos recém- formados em instituições estrangeiras possam ter acesso à prova, o diretor-geral do curso de Medicina da UCP (Universidade Central do Paraguai), Carlos Bernardo, decidiu se lançar como pré-candidato ao cargo de deputado federal pelo MDB nas eleições deste ano.
Dentre os projetos de CARLOS, está a criação da ZONA FRANCA DE PONTA PORÃ, INSTALAÇÃO DE NOVAS Universidades na fronteira, aumento de quotas de dolares para compras no Paraguay, geração de novos empregos com instalações de novas empresas nos municipios de fronteira e estado para garantir EMPREGOS PARA OS JOVENS, renda e desenvolvimento para o Mato Grosso do Sul e municipios.
Carlos esteve  visitando Amambai com a caravana de ANDRÉ PUCCINELLI, pré- candidato ao governo do MS.

GENTE QUE ACREDITA EM AMAMBAI Christiano Bortolotto inaugurou CSB Armazéns em Amambai

0

A partir desta sexta-feira, 1º de julho, agricultores de Amambai e de toda região passam a contar com uma nova e importante opção para o armazenamento de grãos, a CSB Armazéns.

Sob direção do empresário Christiano Bortolotto, a unidade conta com a capacidade de armazenamento de 18 mil toneladas e chega ao município com o objetivo de fomentar ainda mais a expansão da agricultura na região, gerando ainda emprego e renda para Amambai.

Na inauguração, que foi prestigiada por familiares, amigos e autoridades do município de Amambai, Bortolotto falou da pujança do município de Amambai no que tange seu desenvolvimento e as oportunidades que aqui são geradas.

Prefeito de Amambai cumprimentando o empresário Christiano Bortolotto / Foto: Kadyma Freitas - SECOMPrefeito de Amambai cumprimentando o empresário Christiano Bortolotto / Foto: Kadyma Freitas – SECOM

“Amambai é uma cidade com muitas oportunidades, que está crescendo dia após dia e que tem muito a crescer (…) Tudo que está aqui foi muito sonhado, muito planejado para acontecer de forma que possa contribuir também para a movimentação da economia e do desenvolvimento de Amambai”, disse o diretor da CSB Armazéns, Christiano Bortolotto.

O prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, fez questão de prestigiar o evento de inauguração. Ele parabenizou o empresário por sua ousadia e agradeceu por ter escolhido Amambai para investir. “Quero aqui parabenizar o Christiano pela coragem que ele sempre demonstrou e também pela sua extrema capacidade de gerenciamento, um jovem empreendedor que sempre busca inovar e crescer, o que é digno de muita admiração”, comentou o prefeito.

Empresário Christiano Bortolotto e sua família / Foto: Kadyma Freitas - SecomEmpresário Christiano Bortolotto e sua família / Foto: Kadyma Freitas – Secom

Também marcando presença no evento, o deputado estadual Zé Teixeira frisou o trabalho realizado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul em prol do agronegócio sul-mato-grossense. “Sempre trabalhamos para criar leis e mecanismos para incentivar o agronegócio em nosso Estado, assim como sempre solicitamos a pavimentação desta importante rodovia que é a MS 289 e ver um empresário como o Christiano investindo pesado no agro nos faz ter a certeza que estamos no caminho certo”, disse o parlamentar.

Valter Brito, presidente da Câmara de Vereadores de Amambai parabenizou o empresário e sua família e colocou a Casa de Leis à sua disposição. “Nossa Câmara está sempre atenta para a concessão e abertura de incentivos para empresas”, salientou.

Como representante do Sindicato Rural de Amambai (SRA), Rodrigo Lorenzetti parabenizou Christiano, ressaltando a importância do agronegócio para o desenvolvimento da economia amambaiense.

A Associação Comercial e Empresarial de Amambai (ACIA) também foi representada durante a inauguração da CSB Armazéns. Seu presidente, Andrei Piovesan falou do excelente momento pelo qual Amambai atravessa e frisou que o novo empreendimento que carrega a força da marca CSB chega ao município para fortalecer ainda mais o comércio local e a economia.

A CSB Armazéns fica localizada na MS 289, veja fotos:

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto que diz "Quem é Paulo Corrêa? Esposo Adriana, pai da Krise doKenneth Avô Artur, da OliviaedaHelena Secretário de Habitaçãoe Desenvolvimento Urbano na gestãodo ex-govemador Pedrossian Criador "Programa de Desfavelamento" quegarantiu mil famílias Engenheiro Civil formado pela Universidade GamaFilho de nordestinos com muito orgulho Deputado estadual mandato Atual presidente da Assembleia Legislativa Criador do Plano Cidoviário Mato Grosso Sul Para mais segurança paraoscilistas, saúde qualidade vida Aguas Paulo Articulouacriação Lei Viciado em coxinha Mas massa tem que de mandioca! Grupo Onça Pintada, que atua na prevenção ao câncer de mama Mais de mulheres atendidasna 79 municípios www.deppaulocorrea.com.br DEPUTADO ESTADUAL CORRÊA PAULO @deputadopaulocorrea"

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, pizza e texto que diz "FAÇA JÁ 0 SEU PEDIDO NO NOSSO DELIVERY G G GARFO DE OURO est Cau TELE-ENTREGA: +55 67 3431 5536"

Em live, Dr. Bandeira celebra cirurgias de alta complexidade do Opera MS realizadas no Hospital Regional de Amambai

0

Com direito a transmissão ao vivo pelo Facebook da Prefeitura de Amambai, está sendo realizada no Hospital Regional do município, a primeira artrodese lombar, cirurgia eletiva que faz parte do programa Opera MS.

Segundo o prefeito municipal, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, a unidade hospitalar nunca contou com os recursos necessários para que fossem realizadas cirurgias de alta complexidade como as que estão acontecendo nesta terça-feira, mas graças aos últimos investimentos, entre eles as novas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), se tornou possível.

“Essa é uma data importante para o nosso município, as cirurgias começaram ontem e estamos tratando patologias da coluna, entre elas essa artrodese, procedimentos de alta complexidade, que graças ao nosso governador Reinaldo Azambuja podem ser realizadas dentro do nosso Hospital”, afirmou o Chefe do Executivo.

Ainda de acordo com Dr. Bandeira, o Opera MS vem para interiorizar a medicina especializada, privilegiando moradores de todos os municípios do Estado com cirurgias do joelho, de ombro e agora de coluna, tratando pacientes que aguardaram a alta demanda da pandemia, quando a prioridade foram os atendimentos voltados às síndromes gripais e respiratórias.

“Este projeto foi sonhado pelo nosso ex-secretário Geraldo Resende e se tornou realidade com a visão do nosso Governador, Amambai é privilegiada por contar com toda essa estrutura e uma saúde que é referência no MS, atendendo não só nossos munícipes, mas também moradores de toda a região”, concluiu o Prefeito.