Audiência vai debater “descaso” da Energisa dia 28 em Amambai

2

prestação dos serviços e no atendimento ao consumidor por parte da Energisa, a concessionária que monopoliza o fornecimento de energia elétrica para Amambai e a maior parte dos municípios de Mato Grosso do Sul, foi um dos assuntos mais debatidos na sessão ordinária da Câmara Municipal dessa segunda-feira, 6 de novembro, em Amambai.

De acordo com os vereadores, além da oscilação e principalmente a falta de energia na zona rural, onde propriedades chegam a ficar uma semana sem luz, fator que gera prejuízos com perda de alimentos, vacinas e até mesmo deixando famílias inteira sem água, já que em muitas propriedades rurais a fonte de água para consumo e confecção de alimentos vem de poços artesianos ou semi artesianos, tocados por bombas elétricas, os moradores da cidade também vem sofrendo com frequentes quedas e oscilação de energia.

Os parlamentares também ressaltaram a falta no atendimento ao consumidor por parte da concessionária, que é feito somente de forma automatizada e não informa a pessoa lesada, bem como as autoridades, sobre a origem do problema e qual solução está sendo tomada para resolver, por exemplo.             

O cidadão fica sem resposta e a mercê de uma máquina. Precisamos de um atendimento físico, uma pessoa que dê uma resposta à altura que as pessoas mereçam ouvir como consumidoras”, disse o vereador Dilmar Bervian autor do requerimento que pediu a realização da audiência pública para debater a questão.

De acordo com Dilmar, a audiência, inicialmente prevista para acontecer a partir das 19h do dia 28 de novembro, uma terça-feira, na Câmara Municipal de Amambai, deverá contar com a presença de representantes da Energisa e de vários seguimentos da sociedade do município, entre eles os poderes Executivo e Legislativo, a Defensoria Pública, entidades de classe como a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o Sindicato Rural de Amambai (SRA) e a ACIA (Associação Comercial e Empresarial de Amambai) entre outras.

2 COMENTÁRIOS

  1. Like authority fiat bundle, they are not redeemable at a definite notwithstanding in the interest any commodity cours bitcoin cours btc or other money. Unequal to administration fiat filthy rich, there is no issuer with volition to increment the volume at any time. In the cause of Bitcoin, the troop of Bitcoin units is programmed to increase at behindhand and known rate. In the case of Cat’s-paw, the first antagonist, all the Riffling units to be made were made at the start.

  2. Our organisation is proficiently connected with different invigilators, British council matter
    worthless managers and assay centers, which enables us to register your scores in any ielts
    center about the humanity . All our certificates are ingenious and British Directors
    certified. If you demand to cours bitcoin btc euros induce an cross-examination please serviceability beneath details to contact us.

DEIXE UMA RESPOSTA