Colheita de soja avança em MS mesmo com instabilidade no clima

4

Apesar da instabilidade no clima no último mês, colheita da soja chegou a 25% em Mato Grosso do Sul. Segundo o Governo do Estado, os agricultores aproveitam os dias de sol para minimizar os impactos da umidade no grão.

De acordo com a Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja), há apenas ocorrências de danos pontuais no estado e a projeção é de que a área plantada nesta safra 2017/2018 seja de 2,6 milhões de hectares, com estimativa de produção de grãos de 8,7 milhões de toneladas.

“Nas últimas safras tivemos perdas significativas com a instabilidade do tempo, mas até agora não identificamos problemas grandes, apenas pontuais”, afirma o presidente da Aprosoja, Juliano Schmaedecke. Segundo ele, dos últimos 10 dias, em cinco não houve colheita devido às chuvas.

O titular da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, e o superintendente de Produção, Rogério Beretta, afirmam que a produtividade continua boa. A produtividade tem média de 70 sacas por hectare, resultado considerado bom devido ao período de chuvas.

(Foto: Aprosoja/MS)