Em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras da JBS: manutenção dos empregos e garantia dos salários e direitos

0

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras (130 mil no Brasil) empregados/as da JBS, maior empregadora privada do Brasil, vivem dias de incerteza e medo com a possibilidade de demissões em massa, calote nos salários e supressão de direitos. Além do quadro geral de ataques aos direitos dos trabalhadores, promovido pela coalização golpista que ocupa os postos de comando nos poderes executivo, legislativo, judiciário e na mídia oligopolizada, os dirigentes corruptos da JBS celebraram um acordo de leniência com o Ministério Público Federal que preservam seus lucros e patrimônio e possibilita o calote nos salários, empregos e direitos dos trabalhadores da JBS.

Este acordo tem o DNA da força tarefa Lava Jato: sob a nuvem de fumaça do combate a corrupção o que se está promovendo é o desmonte da indústria nacional, dos empregos e dos direitos dos trabalhadores e terminam premiando corruptos e corruptores.

O Partido dos Trabalhadores denuncia esse acordo espúrio e manifesta solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras da JBS. Somos favoráveis que se celebre acordos de leniência que punam os dirigentes corruptos, ao mesmo tempo que preservem o funcionamento das plantas industriais e os empregos, salários e direitos dos trabalhadores.

Nesse sentido publicamente solicitamos ao MPF que revise o acordo com a JBS sob as diretrizes acima.

O PT solicita que os governos federal e estadual que concederam incentivos fiscais através de renúncia de impostos e apoios creditícios exijam da empresa a preservação dos empregos, salários e direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

O PT apoiará os mecanismos de auditoria dos benefícios, desde que não sirvam de fachada para acobertar as corrupções. Nossas bancadas devem atuar com esse espírito, de maneira incansável defendendo os interesses dos trabalhadores e trabalhadoras.

Também orientamos os diretórios municipais do PT, bem como nossas bancadas municipais, estadual e federal a prestarem apoio político aos trabalhadores e trabalhadoras da JBS em todos os municípios através de suas lideranças e os instrumentos representativos os Sindicatos e Federação dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação.

Zeca do PT
Presidente do PT-MS

Reunião ampliada do diretório estadual do PT-MS
Campo Grande-MS, 21 de outubro de 2017