No dia do aniversário, agente federal matou jovem que ia a show pela 1ª vez

0

A comemoração do aniversário na noite deste sábado (23), seguida pela briga por causa da fila do banheiro após o término de um show no estacionamento do Shopping Bosque do Ipês, em Campo Grande, acabou na morte do jovem de 23 anos, Adilson Ferreira dos Santos.

O delegado Reginaldo Salomão plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro informou que o agente penitenciário federal, de 33 anos, disse em depoimento que estava na fila do banheiro após o fim do show quando houve um desentendimento com Adilson.

Os dois teriam entrado em luta momento em que o agente efetuou um disparo que atingiu o tórax da vítima. Foi feita tentativa de reanimação, mas Adilson acabou morrendo no local.

O agente foi levado para a delegacia onde está preso e na segunda-feira (25) deve passar por audiência de custódia. “Já foram ouvidas quatro testemunhas sobre os fatos”, fala Salomão que explicou que o agente deve ser indiciado por homicídio doloso.

Ainda de acordo com informações, o agente teria ido ao show para comemorar seu aniversário, “Ele chorou muito durante o depoimento e está chocado”, disse o delegado. Salomão ainda afirmou que o agente penitenciário não estaria embriagado e que o disparo segundo o depoimento do autor teria sido um ‘ato de memória muscular’.

A mãe do jovem, Marlene Souza Silva, de 44 anos, disse que esta era a primeira vez que o filho saia para um show, “Parece que eu estava pressentindo o que ia acontecer”, fala Marlene. De família evangélica, Adilson era um rapaz tranquilo e estava a menos de um ano morando em Campo Grande após vir embora de Santa Catarina, diz a mãe que chorava a morte do único filho.