Polícia encontra vídeo de sexo com aluna em celular de suspeito de matar Kauan

0

A polícia apreendeu dois celulares e um computador de Deivid de Almeida Lopes, 38 anos, suspeito de ter estuprado até a morte o menino Kauan Andrade Soares dos Santos, 9 anos. Nos três aparelhos foram encontrados materiais pornográficos, inclusive um vídeo do suspeito fazendo sexo com uma adolescente de 17 anos, que seria aluna de uma escola onde o homem deu aula.

Conforme a polícia, no celular foram encontradas várias imagens de sexo explícito, entre elas um vídeo dele com uma adolescente. Deivid disse que chegou a namorar a menina quando brigou com a mulher e que a menor era aluna de uma escola onde ele havia dado aula. Porém, ele afirmou que a jovem nunca tinha sido sua aluna.

Outro menor que também foi identificado pela polícia como mais uma vítima do suspeito também aparece em um dos vídeos fazendo sexo oral em outro homem. Apesar das várias evidências encontradas nos celulares e no computador, Deivid negou que tenha mantido relação sexual com algum menor e afirmou que é inocente.

Além das imagens pornográficas, a polícia também encontrou em um dos celulares uma foto de Deivid segurando uma arma de fogo. Conforme o suspeito, a arma não era um simulacro, ou seja, verdadeira e pertencia a uma pessoa desconhecida.