Acompanhado da esposa, paciente morre ao cair do 6º andar da Santa Casa

2

​Um idoso de 74 anos ainda não identificado morreu no final da tarde desta terça-feira (03) após se jogar do 6º andar da Santa Casa, em Campo Grande. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ele estava acompanhado da esposa e estava internado para exames.

Segundo foi informado ao Jornal Midiamax, o idoso estava internado desde o dia 29 para realizar exames, pois foi diagnosticado um edema na perna. Nestes casos, são necessários diversos exames para que a equipe médica tome a decisão de qual tratamento a ser aplicado.

A assessoria de imprensa relatou que ele estava acompanhado da esposa. Ele teria corrido, subido na cama e se jogado da janela, na presença da mulher. Ela foi encaminhada em estado de choque e está sendo atendida e medicada na ala vermelha da Santa Casa.

Um leitor do Jornal Midiamax testemunhou a queda do idoso quando levava a filha ao ProntoMed. Segundo ele, funcionários de uma obra no local avisaram o hospital e o atendimento chegou rapidamente. Ele informou que a Polília e o IML estiveram no local.

Outro caso

Em agosto do ano passado um jovem de 27 anos também morreu ao se jogar do quinto andar da Santa Casa. Ele estava no hospital para se tratar de um corte profundo na garganta. Ele teria se ferido cortando o próprio pescoço no dia anterior.

Na época, a assessoria de imprensa da Santa Casa informou que ele era usuário de entorpecentes e já havia apresentado problemas anteriores relacionados à tentativas de suicídio.

Além do corte no pescoço, o homem apresentava uma fratura grave em um dos tornozelos, que estava até imobilizado por um fixador, tornando difícil escalar a janela, que segundo a Santa Casa, é bem alta e estreita.

Como ele não tinha nenhuma recomendação de contenção e apresentava sinais de estar muito debilitado, sendo que também chegou com um procedimento de traqueostomia, a instituição não sabe como ele conseguiu escalar a janela e se jogar.

O leitor enviou imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.