Correios decidem encerrar serviços do Banco Postal em mais de 1.800 agências

0

Os Correios informaram nesta sexta-feira (29) que os serviços prestados pelo Banco Postal serão encerrados a partir de 11 de outubro em 1.827 agências da estatal em 12 estados.

Correios decidem encerrar serviços do Banco Postal (Foto: )

Segundo nota enviada pela assessoria de imprensa dos Correios, os altos custos de manutenção e segurança “os tornam inviáveis”.

O Banco Postal é uma parceria com o Banco do Brasil que se vale da rede de atendimento dos Correios para a intermediação de serviços bancários básicos. Em vários municípios chega a ser a única opção de acesso bancário. Atualmente, o serviço é oferecidos em cerca de 6.500 agências dos Correios.

Justificativas

“Com o aumento das decisões judiciais que obrigam a adoção de ações de segurança adicionais às previstas para correspondentes bancários (contratação de vigilantes armados e/ou porta giratória), os Correios se veem obrigados a interromper os serviços do Banco Postal nessas localidades”, afirma a estatal. “Cabe esclarecer que os demais serviços dos Correios continuarão disponíveis nessas unidades”, acrescenta.

Segundo reportagem do jornal “Valor Econômico” desta sexta, o custo mensal nessas agências poderia chegar a R$ 8 milhões e a intenção dos Correios era repassar essas despesas de segurança para o Banco do Brasil, o que o contrato não permitiu.

Questionado pelo G1, os Correios responderam que “por se tratar de assunto estratégico”, não poderia comentar os valores desse custo.

Os Correios informaram ainda que permanece em negociação com o Banco do Brasil para buscar soluções que reduzam o impacto do encerramento dos serviços do Banco Postal.

Já o Banco do Brasil informou que busca “encontrar alternativas que permitam a manutenção de parte dos pontos de atendimento”.

No final de 2016, os Correios fecharam acordo com o Banco do Brasil para manter a parceria por mais 36 meses.

Segundo os Correios, Bahia e Paraná serão os estados com o maior número de encerramentos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA